domingo, 29 de maio de 2011

Qual é o seu lugar?

Se sente presa, perdida em um labirinto, sempre em busca da saída. Encontra coisas, corpos, objetos, sentimentos, razões, pessoas pelo caminho. Para em alguns lugares, e quando começa a achar que ali é o seu lugar, acontece algo e muda o rumo das coisas, então recomeça sua jornada, vagando em lugares novos, velhos, sujos, limpos, bons, ruins, lugares que fazem bem, lugares que fazem mal. O que não a deixa se sentir tão sozinha, vazia e desmotivada é a esperança de encontrar um lugar mais calmo, onde possa respirar fundo, onde se sinta livre, onde possa correr, amar, errar... Onde possa viver intensamente. Mas está consciente de que talvez esse lugar não exista, até pensa que já o encontrou, então está vivendo os momentos, porque sabe que se deixar pra depois, se deixar de viver o agora, pode se arrepender futuramente, e será tarde demais pra voltar atrás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário