quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

(DES)APEGAR

Nesses últimos meses muitas pessoas passaram pela minha vida, elas vieram e foram, e eu sempre achei isso tão estranho, tão confuso... Porque o laço nasceu para ser cortado? Porque as melhores coisas acabam no momento mais intenso? Sabe, eu fingi tanto tempo ter certeza demais, agora percebo que não sei nada que pensava saber, que por mais que eu tente não vou conseguir compreender esse tipo de coisa,  e preciso praticar o desapego, pois algumas pessoas vão e não voltam mais, e por mais que seja ruim pra mim eu tenho que me acostumar com essa realidade. Me pergunto quando irá surgir alguém que vai ficar, e se apegar a mim também, me pergunto se terei a chance de ficar em estado eterno de felicidade ao lado de alguém que me ame, me pergunto porque tenho que passar por todos esses processos tão dolorosos, enfim, me faço tantas perguntas... Mas não posso reclamar, a vida tem sido bastante generosa comigo, devo confessar que amadureci bastante, e tenho que juntar forças pois sei que ainda tem muito chão pela frente.

" Eu só queria voltar pra casa... "

Nenhum comentário:

Postar um comentário