domingo, 25 de março de 2012

Parte do que se vê

Ah, a vida... Essa está passando em instantes, e cada instante tem sido tão profundo e, mais do que antes, único. As situações mudando tão rápido, as pessoas se movendo, as estações trazendo novos ares, ciclos se abrindo e se fechando, tudo está acontecendo tão rápido! Sim, chega a ser um pouco assustador, mas por outro lado encantador ver como tudo flui, é engraçado ver como ficamos serenos após enfrentar uma tempestade, e eufóricos após viver um dia feliz, tudo meche conosco de uma maneira tão louca, é um verdadeiro vendaval de emoções, de fortes emoções! A vida nem sempre generosa ou justa, mas nos ensina a dar valor as coisas simples, aos momentos, as pessoas... nos mostra que é preciso viver o hoje sem pressa do que será o amanhã, ninguém sabe do amanhã... a única certeza que temos é a mudança, nem sempre estamos prontos pra recebê-las, mas sempre nos adaptamos e vivemos, afinal, de que vale uma vida se não for vivida?

segunda-feira, 19 de março de 2012

Os espinhos em meu coração estão me impedindo de caminhar sem deixar esse rastro no chão. 

Há dias essa dor e essa angústia insistem e incomodar meu peito, rasgando-o, e isso tem me irritado profundamente. Sei que se desabafar tudo que sinto ficarei melhor, mas não quero cair em lágrimas. Seria tão fácil se eu conseguisse absorver tudo que me faz mal, e me manter bem e inabalável... Seria tão bom se eu não me importasse com nada, e se pudesse simplesmente apagar todos esses problemas... Será ótimo se nada disso me fizesse tanto mal, se nada acontecesse, se nada existisse....

quinta-feira, 15 de março de 2012



Onde está você meu amor,
Pra receber esta linda flor?
Por que foges de mim, se és a mais bela do meu jardim?
Por onde anda a criança, entupida de esperança?
Venha ao meu encontro, minha adorada flor,
Venha me amar, e me fazer sorrir, sorrir.

Viva, Bárbara. Viva. A vida não te dá coisas para você gastar seu tempo e energia pensando e se matando por algo, coisas ruins não possuem direito disso. Elas existem para te ensinar, e para te guiar diante de alguns problemas. Você precisa viver ISSO. Viver o que te faz bem.



Nathan Amaral

Desabafo (?)

É engraçado ver como a vida nos pega de surpresa e mostra o quanto somos vulneráveis, eu achava que estava bem, até que fui atingida por uma flecha, meu escudo não foi forte o suficiente pra me proteger, a flecha me penetrou profundamente, me fazendo sangrar, dói tanto, e essa dor insiste em me incomodar. Não fui capaz de olhar pra trás, não consegui olhar nos olhos de quem me atingiu, não vou conseguir enfrentar essa pessoa tão cedo... Pois o medo ainda me assombra, os fantasmas ainda me perseguem, as lembranças ainda me atormentam.  Eu posso estar enganada, eu posso estar errada, tudo vai mudar,  a solução é seguir em frente e superar, afinal, tudo passa.

sexta-feira, 2 de março de 2012





" Sou um rascunho 
torpedo no celular 
sem sinal na área sem chance de chegar " ♪


Alícia,

Se lembra que eu disse que logo você ficaria bem? Eu sempre certeza que tu iria superar logo tudo isso, pois sempre foi um guria forte e agora não ser diferente! Acredite, o melhor ainda está por vir, é questão de tempo... Nunca desista de ti, não deixe sua felicidade pra depois!



Se cuida querida.