quinta-feira, 28 de junho de 2012

Mudanças, a vida é feita de mudanças. Mudanças exigem adaptações, e para se adaptar é preciso ter flexibilidade, e paciência, afinal, nem sempre a mudança vai ser bem vinda ou como nós gostaríamos que fosse. É um processo doloroso na maioria das vezes, mas se faz necesário, e tem o seu lado bom.


" Não haverá borboletas se a vida não passar por silenciosas tempestades. "

terça-feira, 26 de junho de 2012

Seria mais um (des)amor?

Senhor doutor
Já não suporto mais
Seguir sem voltar atrás

Como me dói a solidão
Sinto que cortaram meu pobre coração

Lá fora a chuva cai
Aqui dentro o sofrimento se sobressai

E assim fico
Desnorteada
Desiludida
Deseperançada

E aqui fico a esperar
A te esperar
E a me torturar
Por querer viver
Viver esse amor com você


Seria mais um (des)amor?



Ou seria um descompasso, desatino
Desperdício desgastado
Um cair destrambelhado
E, no fim
Mais um coração despedaçado

 

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Tensão pré-menstrual


Esse meu quarto
cheira a sal
não há o que pensar
nem pra onde correr
" mergulhe nesse mar "
mas eu nem sei nadar
no impulso eu sinto medo
sinto pavor por saber
que posso me afogar
me afogar nessa solidão
que nesses versos
piegas
eu tento demonstrar
angústia
angustiada
angustiando
do que é mesmo que eu estava falando?

Crises de menina, mãe
de menina mulher
querendo descobrir o que quer
precisando de fé
e precisando esquecer
daquele dia que em lágrimas
te ouvi dizer
" Queres amor: Isso não existe! "
como ter fé em algo agora?
como esperar algo bom dessa vida, mãe?
Nas minha orações
nunca me esqueço de pedir
para que não esteja enganada
se o amor não existir...
o que é que eu faço aqui?


Por Alyta Queiroz

Mais uma da série: " Desfechos mal feitos "


Se realmente me ama como sempre me disse, porque não me 'prendeu' a você? Porque me deixou solta, se podia me ter tão perto de ti?

Eu não entendo, talvez um dia consiga entender... Nem todo amor vai acontecer, nem toda história terá um destino bom.

Será que foi o tempo que errou pra nós, será tarde demais? Será que se você ler isso vai mudar algo?
E se eu tivesse sido mais direta e tomado uma atitude, teria sido diferente?



" ... então tudo se perdeu, o vento soprou as folhas que estavam sobre a calçada, ainda úmida pela chuva que havia caído na madrugada anterior. A luz do sol quase cegou seus olhos, ela colocou o óculos escuro, e então seguiu, deixando pra trás toda a angústia que havia dentro de si."



quinta-feira, 21 de junho de 2012

Ainda sinto de maneira doentia o frio causado pela dor da sua partida. A chuva cai lá fora, e cada gota me faz lembrar dos momentos que vivi ao seu lado,  a maioria deles desgastantes, pois discutíamos muito, mas foram especiais, faz falta ter alguém pra argumentar, pra me fazer ver que eu estava errada, e que minha visão centralista ia acabar me sufocando em algum momento da minha vida. Sabe, ontem a noite eu estava quase adormecendo, e tive um devaneio, ouvi aquela melodia que você cantava pra mim, senti teu cheiro, e teu calor, e me assustei, ao abrir os olhos e ver que você não estava aqui, que tudo não passou de um sonho, e me entristeci ao ver que esse sonho nunca mais irá se realizar.
Quem foi que disse que eu gosto de ter razão? Quem disse que eu curto essa minha previsibilidade quase sempre assertiva?


É tão cansativo esse desgaste emocional, me cansa tanto ter que passar por tudo isso, e mesmo 'prevendo o fim' eu ainda insisto, e persisto, e depois ainda quero me surpreender com o final.

" Na verdade é tão normal e sim, eu devia saber... "

terça-feira, 12 de junho de 2012

Alyta Queiroz

Me lembro nitidamente de quando começamos a nos falar, você estava tão fragilizada, e eu toda perdida... Acho que surgi no momento certo pra ti, e tu também surgiu no momento certo pra mim, afinal, precisávamos uma da força da outra. O tempo passou, as tempestades se tornaram cada vez mais raras dentro de nós, descobrimos a amizade de uma maneira tão pura, e construímos algo forte e verdadeiro, e nada nem ninguém será capaz de destruir isso! Me faltam palavras pra dizer o quanto você é importante, especial e essencial pra mim, minha melhor amiga, minha irmã, minha companheira! Juntas somos um só coração, eu te amo muito! Estarei sempre aqui pra ti, cuidarei de você, da sua felicidade e do teu lar, minha laranjeira verde!
Feliz aniversário princesa, que a felicidade esteja presente em cada segundo da sua vida!


Da sua amiga mais fofa, Bárbara L.